Bom tarde!

Hoje nosso post é sobre um livro chamado “Horas Sociais – Jogos e Brinquedos para salão e ar livre” de 1942, de Eunice S. Buyers.

Isso mesmo! Não escrevemos errado e muito mesmo vocês leram errado, 1942! Livro antigo e com muita coisa legal!

Livro antigo, sugestões antigas, mas que, muitas vezes, infelizmente, ainda não vemos em execução.

O livro é oferecido à Mocidade Brasileira que tanto ama e sua segunda edição, a qual iremos nos referir, tem a revisão feita por Grace Buyers Smith.

Bom, para começar, aí estão as 11 sugestões escritas no início do livro. Preciosas sugestões, que mais uma vez digo, antigas, “batidas” de tanto faladas, mas que dificilmente são colocadas em prática.

Página 9

Preparado unicamente para ajudar e servir nos programas festivos da mocidade – HORAS SOCIAIS – merece estudado antes de levado à prática. Daí nossas sugestões aos que com ele tomarem o compromisso de organizar e dirigir horas sociais à mocidade

1. – Tome a sério o trabalho.

2. – Tenha sempre á mão o dirigente uma lista de jogos escolhidos.

3. – Cada programa deve ser bem planejado e executado com todos os preparativos já ordenados antes da reunião. Não dê ouvidos às muitas sugestões que aparecem na hora. Execute o que estava delineado; as muitas mudanças atrapalham.

4. – Os jogos, por certo, deverão ser escolhidos de acordo com o grupo esperado e também de acordo com o lugar. Previna-se, porém, pois nem sempre os circunstantes são os esperados.

5. – Logo que cheguem alguns não os deixe esperando muito. Faça-lhe alguns brinquedos preliminares até formar-se grupo maior.

6. – Não exceda no programa: duas horas é tempo bastante para muito se divertir. (vale ressaltar: particularidades de cada evento)

7. – Quando vir que um jogo, ou brinquedo, não está agradando, não insista; mude-se sem demora. Gosto é gosto.

8. – Não descure da ordem e do respeito. Muitos brincam, outros, observam só.

9. – Muito cuidado para que alguém não fique esquecido, ou mesmo melindrado. O mal-entendido é sempre inimigo da paz.

10. – Se fizer convites por escrito tome tento para que ninguém seja esquecido.

11. – Se fizer convescotes, passeatas, pescarias, natação, etc., ponha vistas no procedimento de todos, que mais vale prevenir que remediar. 

E. S. B.

Em breve, compartilharemos as atividades do livro.

Até mais!

Escrito por: Raíssa M. B. de Andrade

contato@clubedarecreacao.com.br

www.grupolicere.com.br

Clube

Recentes

Newsletter

Nome

Cidade

Email

Facebook